Brasil sobe 53 posições no ranking mundial de cibersegurança - Poletto & Possamai

Brasil sobe 53 posições no ranking mundial de cibersegurança

Por Eduarda Espanhol Borba – trainee do núcleo de Seguros

Conforme a União Internacional de Telecomunicações (UIT), agência especializada em tecnologias de informação e comunicação da Organização das Nações Unidas, o Brasil melhorou a posição no ranking mundial de cibersegurança e passou para o 18º lugar no Índice Global de Segurança Cibernética 2020.

A segurança cibernética faz parte do eixo “Governo Confiável” da Estratégia de Governo Digital 2020-2022, e segundo o secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Caio Mario Paes de Andrade, a posição conquistada pelo Brasil demonstra o compromisso com a redução de ameaças à segurança cibernética, o que é essencial diante do avanço da transformação digital.

A posição mais alta no Índice indica que o país adotou maiores medidas para garantir a segurança de dados e privacidade. Dentre os avanços nacionais, destacam-se a promulgação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), o Decreto nº 9.573, que aprova a Política Nacional de Segurança de Infraestruturas Críticas, bem como o Decreto nº 9.637, que institui a Política Nacional de Segurança da Informação.

Diante da transformação digital e dos crescentes riscos à privacidade e segurança, a posição conquistada pelo Brasil demonstra o esforço de vários órgãos para proteção dos brasileiros no ambiente digital.

Leia aqui a notícia completa.

 

Cadastre-se em nossa Newsletter

Fechar Menu