Seca foi o principal evento para acionamento do seguro rural em 2020 - Poletto & Possamai

Seca foi o principal evento para acionamento do seguro rural em 2020

Por Eduarda Espanhol Borba – trainee do núcleo de Seguros

Segundo informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a seca foi o principal evento climático que gerou perdas aos produtores brasileiros em 2020, sendo responsável por R$ 684 milhões de indenizações pagas. Isso corresponde a mais de 60% do total dos pagamentos realizados no ano.

Já no primeiro semestre de 2021, o valor total pago aos produtores foi de R$ 1,7 bilhão. A partir disso, a Superintendência de Seguros Privados (Susep) indicou que os agricultores brasileiros receberam R$ 15,2 bilhões somente com o seguro rural na última década.

Os três estados que mais foram beneficiados em indenizações estão concentrados nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, sendo eles Paraná (R$ 286,5 milhões), Rio Grande do Sul (R$ 268,4 milhões) e São Paulo (R$ 147,9 milhões), conforme o Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR).

Estima-se que, em 2021, o seguro rural será responsável pelo pagamento de R$ 924 milhões aos produtores brasileiros, demonstrando cada vez mais a importância deste ramo securitário na economia nacional.

Acesse aqui a notícia completa.

Cadastre-se em nossa Newsletter

Fechar Menu