Implementação do Sistema de Registro de Operações para o seguro garantia iniciará em novembro - Poletto & Possamai

Implementação do Sistema de Registro de Operações para o seguro garantia iniciará em novembro

Por Daniel Fernando Victoriano, trainee na Poletto & Possamai Sociedade de Advogados e graduando em Direito pela Universidade Federal do Paraná

A partir de novembro, o mercado securitário assistirá à implementação do Sistema de Registro de Operações (SRO). Com a nova ferramenta, as apólices serão cadastradas em centrais registradoras no momento em que forem geradas, com atualização instantânea de informações sempre que houver um sinistro. Com isso, espera-se superar a defasagem de informações característica do sistema atual, no qual os dados podem tardar até um mês para serem recebidos.

Assim, os reguladores poderão acessar as informações das seguradoras em tempo real, ampliando a capacidade de supervisão da SUSEP, facilitando o controle de riscos e, por consequência, fertilizando o terreno para novos modelos de negócios.

A mudança será implementada, em um primeiro momento, apenas no Seguro Garantia. A adoção nas demais modalidades de seguro se dará ao longo de um período de transição de 3 (três) anos, dos setores de maior risco até os massificados. As companhias autorizadas pelo Banco Central para atuar como registradoras são, até o momento, a B3, a Central de Recebíveis (Cerc) e a CSD. No último mês, as três companhias inclusive celebraram acordo de interoperabilidade quanto a tais registros.

Estima-se que a mudança derrubará preços e ajudará a dobrar o mercado de seguros em 5 (cinco) anos, bem como permitirá que as seguradoras ousem mais em seus produtos, uma vez que, com o acesso a uma base de dados mais potente, poderão visualizar melhor os perfis econômicos de seus clientes.

Para acesso à notícia na íntegra: https://valor.globo.com/financas/noticia/2020/09/28/susep-aposta-em-salto-tecnologico-no-setor-com-registro-de-apolices.ghtml

Cadastre-se em nossa Newsletter

Fechar Menu